Com a pandemia do covid-19 que se instalou no mundo em março de 2020, temos percebido os diversos impactos emocionais que ela tem causado na população em geral. Ansiedade, depressão, estresse entre outras alterações significativas vem aumentando.

Quando falamos, particularmente das gestantes, estas alterações se destacam ainda mais. A gravidez é um momento de transformações na vida de uma mulher e ela por si só já vem acompanhada  de medos, ansiedades e inseguranças. Se acrescentarmos a esse momento uma pandemia que já se estende um ano e meio,  com medidas restritivas de distanciamento e isolamento social,  diminuição da rede de apoio  e classificação das gestantes como grupos de risco, a preocupação é ainda maior.

Com a rede de apoio reduzida, a gestante fica mais sobrecarregada, principalmente aquelas que já têm outros filhos. Diversas pesquisas nos mostram que durante a pandemia na maioria das famílias foi a mulher quem assumiu os cuidados com a casa e com os filhos, o que antes era dividido com funcionárias do lar, avós, escola, etc.

O ritual de exames e consultas característicos da gestação também passou a ser algo gerador de estresse. Todos os protocolos a serem seguidos, o medo constante de se contaminar ou de precisar de hospitalização e as restrições de acompanhantes nas consultas e parto vem trazendo angústia para as gestantes

A prática de exercícios físicos que ajuda a aliviar as tensões também fica restrito, assim como o encontro com amigos, familiares e até mesmo um bate papo com outras gestantes.

São diversos fatores que vão agravando a tendência ao desenvolvimento de alterações emocionais significativas em uma gestante e temos que estar atentos e cuidar de sua saúde mental.

Uma alternativa é usar a tecnologia para se sentir mais próxima de parentes e amigos, combinando encontros com uma certa frequência. Grupos de apoio online para gestantes também são boas alternativas para que a mulher se sinta mais acolhida e menos isolada.

Quanto às questões dos cuidados da casa e filhos, é tempo de não se cobrar tanto, fazer da forma que der e pensar em prioridades. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: